Monique Simonet

Monique Simonet

 Monique Simonet

               Reside em Reims, França. A senhora Simonet é muito solicitada por inúmeras pessoas que querem contactar seus mortos.

Uma certa vez, em que ela folheava distraidamente uma revista de dezembro de 1978,teve sua atenção vivamente atraída para um artigo cujo assunto era o registro de vozes do Além. O autor da matéria era o Dr. Konstantine Raudive.

Monique havia perdido seu pai, o sr.Raimundo Simonet. Então ela resolveu mais sua mãe, a tentarem um contato com seu pai. Usando um gravador antigo.

Naquele mesmo dia, o almoço ia ser servido. Se o velho estivesse vivo, certamente gostaria de participar da refeição. Monique havia colocado uma fita virgem no gravador. Aproximou-se do aparelho, calcou as teclas para a gravação e, embora cética, realizou a primeira tentativa; enquanto dialogava com a sua mãe:

– A senhora fez o café mamãe ?

            – Sim, já fiz o café.

            – Papai, o senhor gostaria de tomar uma xícara de café ?

           … Gostaria ?

            – Em todo o caso, Monique, se o papai nos ouve, ele deve se recordar de que gostava muito do seu café ! …

                A conversa entre Monique e sua mãe continuou um pouco mais, nesse tom.

Antes de se sentarem à mesa para o almoço, retornaram a fita e, com o coração aos pulos, tremendo de emoção, procuraram ouvir o que fora gravado… Eis o resultado surpreendente :

–  Papai, o senhor gostaria de tomar uma xícara de café ?

             –  Sim ! Gostaria. – Sim já lhe disse !

               Aquela voz masculina, com a entonação bem reconhecível, era a voz do pai de Monique ! Ambas, Monique e sua mãe tiveram um choque e começaram a chorar de emoção. Voltaram a escutar o trecho gravado uma, duas, três e mais vezes, para se certificarem bem de que o que ouviram não era uma ilusão auditiva. Porém a voz do sr. Raimundo Simonet estava lá.

Mais tarde a senhora Simonet, acompanhando as demais conquistas da TCI na Europa iniciou os seus contatos de TCI através da TV.

A primeira imagem que recebeu da TV foi do seu falecido pai.

A sra. Simonet proporciona junto com a TCI uma infinita contribuição para milhares de famílias. Com a disseminação desse assunto, centenas de milhares de pessoas poderão comunicar-se com seus parentes falecidos, uma vez que a grande maioria desses equipamentos são comuns, o que permite, a qualquer pessoa, fazer contatos.

Fonte: Transcomunicação – Comunicações tecnológicas com o mundo dos “mortos” – Clóvis Nunes – Ed. Edicel.

Posts Relacionados