Franz Seidl

Franz Seidl

Franz Seidl nasceu em Viena , em 1912.Estudou eletrotécnica na escola técnica superior de Viena, e mais tarde trabalhou em industrias e na própria escola politécnica.
O engenheiro eletricista tornou-se uma das personalidades mais marcantes no cenário cientifico e parapsicológico da Áustria.
Ficou mundialmente conhecido pelos resultados em beneficio dos deficientes auditivos. Inventou e construí um aparelho que permitia que surdos , até mesmo de nascença, voltassem a ouvir por meio da introdução de vários eletrodos que irradiavam harmonias em altas frequências , no cérebro.
Realizou descobertas extraordinária sobra a vida das plantas, concedeu inúmeras entrevistas em programas de radio e televisão, sobre surpreendentes pesquisas feitas por ele neste campo.
O engenheiro Seidl recebeu várias condecorações entre elas , o preio Paul Getty, por valorosas pesquisas no campo da energia, e pelas grandes contribuições que fez a Ciência, foi nomeado membro honorário da Organizaçao de Pesquisa e Cultura Européia Norte Americana Eurofolk.
Inventou inúmeros aparelhos, dentre os quais o psicofone, que s e tornou um importante instrumento para as pesquisas de vozes paranormais em fita magnética.
O psicofone de Seidl foi usado ao longo de muitos anos, por muitos pesquisadores. Entre eles o Dr. Konstanti Raudive, com excelentes resultados, depois da morte de Seidl, o aparelho foi copiado por muitos técnicos e engenheiros, com base no esquema de circuitos do inventor, e ainda hoje continua em uso por pesquisadores bem sucedidos.
Seus interesses parapsicológicos envolviam também outros fenômenos além das vozes, por isso inventou mais tarde, O Positron, o Transducer e o Transcender, todos estes equipamentos serviam tanto para as pesquisas de vozes quanto para investigações de outros fenômenos PSI.
Sobre os seus progressos nas pesquisas de RVP , publicou o livro ( Fenomeno das vozes transcendentais)
Franz Deidl diz, sobre os seus inventos:
Na pesquisa das vozes lidamos com outros conceitos, pois diferentes dimensões estão sujeitas a diferentes leis, fora da nossa dimensão de espaço-tempo. Por isso estes fenômenos não podem ser explicados no sentido da física convencional. Meus aparelhos são construções que antecipam a nova física transcendental, a psicotronica.
Em 1982 quando se preparava para proferir conferencia em um importate congresso sobre paranormalidade, não pode estar presente, no meio dos preparativos em 2 de junho ocorreu a sua morte física. Frans Seidl transferiu-se para outro plano de existência, com o qual mantivera frequentes contatos, durante a sua vida, e ao qual dedicava grande parte do tempo em suas pesquisas.

Posts Relacionados